Entrevista Zonbizarro(Belo Horizonte/MG) + Grito Rock Franca 2013

Entrevista Zonbizarro(Belo Horizonte/MG) + Grito Rock Franca 2013

fev 20

DSC02537_edit

Zonbizarro é um power-trio de rock de Belo Horizonte, Minas Gerais. Seus integrantes tem um histórico de 15 anos na cena autoral nacional, passando por bandas como Festenkois, 4instrumental, Manolos Funk e Natural.  Experiência também não falta no quesito festivais, os músicos já passaram por alguns dos principais festivais independentes do Brasil: MW Rock Festival (Palmas/TO), Escambo (Sabará/MG), Rock Feminino (Rio Claro/SP), Primeiro Campeonato Mineiro de Surfe (Belo Horizonte/MG) e Transborda (Belo Horizonte/MG).

Saca a entrevista exclusiva que eles responderam pro site do Guerrilha Gig. 

Guerrilha Gig: Como se deu a formação da Zonbizarro a e qual a ligação com a antiga banda Festenkois? 
Zonbizarro:  A banda se originou com o fim do Festenkois. Dantas (guitarra) e Luiz (bateria) resolveram fazer algo totalmente novo. Convidaram o baixista Marcelo Sponchiado (ex Manolos Funk, 4 Instrumental) para completar o time.

Guerrilha Gig: Como vocês enxergam a cena musical hoje em Belo Horizonte?
Zonbizarro:  Em Belo Horizonte , acredito que assim como em outras cidades, as bandas mais valorizadas pelas melhores casas de show são as bandas que tocam cover. Mas, recentemente, devido ao grande trampo coletivo iniciado pelo coletivo Pegada e pelo Outrorock, para citar alguns exemplos, as bandas têm se unido, inclusive formatando novas propostas de trabalho (Coletivo Reator, MovA BH, Rampa Incubadora), e já vemos uma melhoria significativa nos eventos, a galera está despertando para o novo.

GG: Quais são as influências musicais da banda? 
Z: Soundgarden, Smashing Pumpkins, At The Drive-In, Metallica, Sepultura, Primus e Black Sabbath.

GG: Quais são as influências não-musicais da banda? (ideologias, filmes, opiniões, textos, períodos, histórias)
Z: A gente gosta de tudo que for originário da loucura cotidiana

GG: O Rock morreu? 
Z: Achamos que o rock mudou muito. Existem as bandas que fazem de forma sincera e os que forçam uma atitude rock. Hoje o rock é agregado a vários estilos musicais. Existem diversas “caras” do rock. O rock está presente na música pop, no rap… seja musicalmente ou atitude de rebeldia, de incosequência. Você vê uma banda tipo o Prodigy, que flerta diretamente com o punk rock e o hardcore, mas que essencialmente é uma banda de música eletrônica. Já o Atari Teenage Riot inventa o “digital hardcore”. Novos artistas de música eletrônica, como Skrillex, falam de influência do heavy metal em seus trabalhos. E o caminho inverso também rola. Por exemplo o Muse que agora flerta diretamente com o dubstep em seu último disco. Sem falar nas bandas que estão aí voltando e arrastando multidões tipo Soundagarden, Alice In Chains, At The Drive-In…

GG: Quais os planos da Zonbizarro para 2013?
Z:  Temos o objetivo de gravar nosso 1º disco até o meio do ano, lançar um vídeo clipe e fazer muitos shows, principalmente no interior de Minas e São Paulo. Então nossa intenção dedicar a esses 2 estados, onde já fizemos muitos contatos. Mas é claro que a gente vai correr atrás pra caramba. Onde pintar show, independente do local, a gente vai.

GG: Rola fazer uma releitura de Hiding to Surf With Sharks do Festenkois pra esse show aqui em Franca? 
Z: A gente teve uma conversa sobre mantermos algumas músicas antigas, mas chegamos à conclusão que não faz sentido. São em inglês, língua que não usamos mais, e por também não fazerem parte da história do Marcelo. Seria algo meio egoísta. A coisa tem que caminhar pra frente. Esperamos que nossa proposta atual agrade a todos aí pois nunca estivemos tão satisfeitos com o que criamos quanto agora.

GG: Qual a expectativa para apresentação na 4ª edição do  Grito Rock em Franca? 
Z:  Estamos muito felizes pelo convite e ansiosos pra tocar. Fomos sempre muito bem recebidos no interior de SP. Nunca estivemos em Franca então a parada vai ter um gosto especial de estreia, ainda mais em um evento tão foda. O Guerrilha tem uma iniciativa que achamos muito foda, que é o lance do gerador. Isso é sensacional e nos lembra das generator parties que o pessoal do Kyuss armava no deserto da Califórnia. Essa ideia de libertação das regras, de transgressão, isso é muito foda. Além disso estamos precisando de tênis novos e dizem que conseguimos os melhores e com os menores preços em Franca. Só alegria!

Para ouvir, clique aqu
Facebook, clique aqui

grito_franca_ritoOs mineiros se apresentam no sábado 02/03 no Grito Rock Franca 2013.
No clube do A.A.  Francana. 
Na rua Simão Caleiro, 1408
+ Tupi Balboa (Santa Rita do Sapucaí/SP), Vindos da Mata (Batatais/SP), Fullgas (Franca/SP)
R$ 5


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/guerrilhagig/blog.guerrilhagig.com/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273